Sustentabilidade

Responsabilidade Ambiental

Todas as atividades desenvolvidas pela Concessionária Rota do Oeste são embasadas no compromisso com a sustentabilidade, ou seja, buscam otimizar o uso de recursos naturais, minimizar ou mitigar impactos ambientais, adotar práticas de reciclagem, compreender e respeitar as diversidades culturais, etc.

Além da regularização ambiental da BR-163/MT, do licenciamento ambiental das obras, da implantação dos Sistemas de Gestão Ambiental e de Gestão de Qualidade baseados nas normas NBR ISO 9.001:2008, NBR ISO 9.004:2010 e NBR ISO 14.001:2004 e da gestão ambiental das atividades de operação, manutenção, conservação, recuperação e instalação (obras) da Concessionária, a CRO busca contribuir para que uma nova cultura de responsabilidade ambiental seja desenvolvida por seus fornecedores e pelos 19 municípios que integram o trecho sob concessão.

A gestão ambiental da CRO também abrange as equipes de campo, que são capacitadas para atuar preventivamente na preservação da fauna existente no entorno da Rodovia e na proteção do solo e dos rios no caso de acidentes envolvendo produtos perigosos.

Afugentamento de fauna na fase de obras

Resgate de fauna em conjunto com a PM Ambiental

Capacitação de integrantes sobre o tema Sustentabilidade

Capacitação sobre coleta seletiva com participação de cooperativa de reciclagem

Ecobox - conteiner desenvolvido pela CRO

 

Equipe de conservação aprendendo sobre reciclagem

Plantio compensatório em Rondonópolis

Viveiro de mudas na Terra Indígena

Mudas produzidas por indígenas foram utilizadas nos plantios da CRO

Programas ambientais desenvolvidos nas Terras Indígenas Tadarimana e Tereza Cristina

LICENCIAMENTOS

A Concessionária Rota do Oeste disponibiliza, nos conteúdos relacionados abaixo, as licenças obtidas para a operação da rodovia e execução das obras na BR-163 em Mato Grosso. Estão disponíveis:

- a Licença de Operação nº 313730/2016  regulamenta os serviços operacionais na BR-163/MT, que incluem manutenção, conservação, recuperação, restauração e melhoramentos ao longo de todo o trecho sob concessão (do km 0,0 ao km 855,0).

- a Licença de Instalação nº 63830/2014 autoriza as obras de duplicação entre o km 94,9 e o km 119,9;

- a Licença de Instalação nº 65183/2015 autoriza as obras de duplicação entre o km 0,0 e o km 94,9 e entre o km 507,1 e o km 855,0.

Conteúdo Relacionado